Cafeicultura

Celulose e Café Solúvel – Respostas das Autoridades

Abaixo transcrevemos algumas das diversas respostas que recebemos, referente aos ofícios enviado pelo nosso Núcleo Regional da SMEA- Manhumirim e outras entidades para órgãos do Governo e Empresas diversas, sugerindo estudar; a) Muriaé –MG para a instalação de uma Indústria de Celulose e b) Manhuaçu -MG para uma indústria de Café Solúvel ou Leite em pó, aproveitando as instalações da antiga SPAM;

1) Deputado Federal Odelmo Leão, Secretário da Agricultura: Belo Horizonte, 23 de abril de 2004. Ao Sr. Paulo R. Vieira Corrêa, Presidente Núcleo SMEA… Assunto; Indústria de Café Solúvel ou Laticínio Exportador em Manhuaçu. Senhor Presidente, 1- Recebemos a sua correspondência de 12/04/04, com as sugestões para o aproveitamento das instalações da SPAM através da instalação de uma indústria de café solúvel, ou de polpa de frutas, ou mesmo um laticínio para fabricação de leite em pó. 2- Em atendimento a proposta de V.As. esta Secretaria promoverá as gestões possíveis, em conjunto com os demais órgãos do Governo, para tentar concretizar essa aspiração, porém, esclarecemos que trata-se de decisão empresarial do grupo empreendedor. Atenciosamente, Affonso Damásio Soares, Chefe de Gabinete, p/Deputado Federal Odelmo Leão…

2) – Fernando Antônio Fagundes Reis, Secretário particular do Governador; Belo Horizonte, 19/04/04. Ao Senhor Engº Agrº Paulo R. Vieira Corrêa… Com meus cordiais cumprimentos, acuso o recebimento de sua correspondência, datada de 1/05/04. Informo-lhe que, por determinação do Governador Aécio Neves, o assunto foi encaminhado ao Secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico do Governo de Minas Gerais, para análise. Cordialmente, Fernando Antônio Fagundes Reis, Secretário Particular do Governador.

3)- Deputado Estadual Paulo Piau. Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais. BH – 19/04/04. Prezado Presidente Engº Agrº Paulo R. Vieira Corrêa. Acuso o recebimento da correspondência de V. Sas., referente à Indústria de Café Solúvel em Manhuaçu/MG ou laticínio exportador e informo-lhes que a encaminhei ao atual Presidente da Comissão de Política Agropecuária e Agroindustrial, Deputado Gil Pereira. Atenciosamente, Paulo Piau – Deputado Estadual.

4)- Presidência da República – Gabinete Pessoal do Presidente da República – Brasília, 05/05/04. Paulo R. Vieira Corre- Av. JK, 454 – Manhumirim -MG- Prezado Senhor, Presidente Luiz Inácio Lula da Silva encarregou-nos de confirmar o recebimento de sua carta de 12/04/2004 e de informar sobre o encaminhamento de suas sugestões ao setor competente para análise e providências cabíveis. O Presidente pede-lhe ainda para continuar participando cada vez mais da construção do país com que todos sonhamos. Atenciosamente, Cláudio Soares Rocha- Diretor, Diretoria de Documentação Histórica.

5)- Lúcia Pacífico, Deputada Estadual, Presidente da Comissão de Defesa do Consumidor e do Contribuinte. Assembleia Legislativa de MG. Belo Horizonte, 10-05-04 – Ilustríssimo Senhor Engº Agrº Ruy Gripp – SMEA- Núcleo Regional de Manhumirim -MG. Prezado Senhor. Acusamos o recebimento de as correspondência datada de 12 de abril do corrente, em que V.As. e outros três engenheiros agrônomos pontuam sugestões para a instalação de indústria de café solúvel no município de Manhuaçu. Expressamos a V.As., assim como aos demais signatários, o nosso apoio a todas as causas e empreendimentos que venham trazer desenvolvimento para o Estado de Minas Gerais, gerando emprego e renda para a população mineira. A decisão primeira, neste caso especifico, cabe a empresas do ramo, que devem manifestar seu interesse no desenvolvimento de projetos em nosso Estado. Em seguida, vemos a necessidade da expressão da vontade política, no sentido de viabilizar a instalação, no município e em território mineiro, de empresas eventualmente interessadas e que contenham, em seu plano de ação, propostas que resultem no fortalecimento da região e no crescimento sócio -político e econômico da população. Colocamo-nos à disposição para o encaminhamento de sugestões e ideias que possam ser traduzidas em projetos de lei ou outros recursos legislativos e que tenham como alvo o desenvolvimento pleno de nosso Estado. Com apreço, Lúcia Pacífico- Deputada Estadual.

6)- Telegrama; Presidência do Senado Federal – Sociedade Mineira de Engenheiros Agrônomos – Ruy Gripp – Acusamos recebimento correspondência sugerindo instalação indústria de café solúvel ou laticínio exportador município Manhuaçu. Informamos que sua solicitação foi remetida assessoria senadores representantes desse Estado para conhecimento e providências cabíveis. Atenciosamente, Martha Lyra Nascimento, Chefe Gabinete da Presidência Senado Federal.

7)- Mário Heringer – Deputado Federal – Câmara dos Deputados – Brasília (DF), 19-05-2004. Prezado Ruy Gripp, Para conhecimento e acompanhamento, envio em anexo, cópia do ofício que encaminhei ao Presidente da Nestlé, Ivan Zurita, indicando a cidade de Manhuaçu para implantação da fábrica de café solúvel, conforme sugerido em correspondência a mim enviada por essa entidade. Na oportunidade, renovo protestos de consideração e apreço. Mário Heringer –Deputado Federal – PDT/MG; Em anexo transcrevemos:

Brasília-DF, 19-05-04 – Ilmo. Sr. Ivan Zurita, Presidente da Nestlé do Brasil – São Paulo–SP; Senhor Presidente, Através da Sociedade Mineira de Engenheiros Agrônomos, fui informado que essa empresa pretende implantar uma nova fábrica de café solúvel, e como legítimo representante do povo mineiro, tomo a liberdade de referendar a cidade de Manhuaçu, situada na régio da Zona da Mata Mineira, como possível localidade para esse empreendimento. Tenho certeza, Senhor Presidente, que esta parceria trará benefícios para ambas as partes, pois a Zona da Mata Mineira é uma das principais produtoras de café do Brasil, com grãos de excelente qualidade, e a cidade de Manhuaçu possui toda a infraestrutura necessária para receber uma grande empresa como a Nestlé. Certo de poder contar com a atenção de Vossa Senhoria, antecipo os meus agradecimentos, colocando-me a disposição nesta Casa de Leis. Cordialmente, Mário Heringer – Deputado Federal – PDT/MG.

Nota – Outras várias respostas publicaremos em outra oportunidade. O debate e divulgação destes planos tem como objetivo despertar as autoridades e liderança empresarial para o desenvolvimento industrial do Leste Mineiro, como agora se debate a possibilidade da indústria de Bauxita/Alumínio. Já sugerimos ao prefeito de Martins Soares-MG, colocar aquele município a disposição para a localização daquela indústria, pois o Rio José Pedro, que serve de divisa de Minas com o ES, poderá ser um ponto positivo para o projeto da extração da bauxita. Temos excelentes e modernos Portos Capixabas, bem próximos de nossas fronteiras, fator importante para atrair indústrias para estes nossos municípios mineiros.

 

(Maio/2004) Ruy Gripp

Posts Relacionados

Deixe uma resposta