Tag: Adubação do Café

Malavolta em Manhuaçu – Adubação de Café

Nos dias 29 e 30 de maio corrente o Núcleo Regional da SMEA (Sociedade Mineira de Engenheiros Agrônomos) e EMATER, em conjunto e com o patrocínio da FERTILIZANTES HERINGER, promoveram um importante e educativo encontro dos técnicos e cafeicultores da região produtora dos Cafés das Montanhas de Minas e Espírito Santo. Tivemos a visita e palestra do eminente Engenheiro Agrônomo, Professor Eurípedes Malvolta (1926), atualmente aposentado da ESALQ –USP (Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo), em Piracicaba-SP. Notável e conceituado especialista em Nutrição e Adubação do solo e das plantas, com várias obras importantes editadas e reeditadas sobre o assunto de sua especialidade. Continua exercendo suas atividades de pesquisas, sendo consultor técnico de varias empresas agropecuárias, em vários Estados do Brasil, onde sempre é requisitado para palestras e orientações técnicas. Nos dois dias do encontro, houve um comparecimento de aproximadamente 300 participantes.

Café – Adubação Para Alta Produção

adubacao-de-producao-cafe

Em “Recomendações de adubação e calagem,” (Boletim Técnico 100 – IAC), no capítulo 15-4 sobre café, encontramos na p. 99 um quadro de recomendação e orientação da adubação mineral do café em produção, em função da analise foliar do N (nitrogênio) e do resultado da analise do solo para o fósforo (P), o potássio (K), tendo em vista a estimativa da produção esperada. Dada a importância destas informações, para se alcançar alta produtividade de nossa cafeicultura, transcrevemos as tabelas do quadro, em anexo, pois serve de base na orientação da adubação, para a cafeicultura nacional.

Adubação do Café – Relação Cálcio e Magnésio no Solo

adubacao-cafe-calcio-magnesio

“Apresentação: O solo, substrato onde as plantas se desenvolvem, nem sempre assegura o pleno fornecimento dos minerais e outras substâncias de que elas necessitam, nem lhes garante a expressão de seu potencial produtivo. Altamente complexo, podendo até ser considerado como um organismo vivo, o solo, fornecedor de nutrientes às plantas, é fator de produção tecnicamente de fácil modificação e ajuste. Conhecer os limites desses ajustes, as suas relações com a produção e com a qualidade do produto e do ambiente é fundamental ao exercício da arte da agricultura, ou da agricultura como arte.”

Adubação do Café: Relação Cálcio e Magnésio no Solo

adubacao-cafe-calcio-magnesio

“Apresentação: O solo, substrato onde as plantas se desenvolvem, nem sempre assegura o pleno fornecimento dos minerais e outras substâncias de que elas necessitam, nem lhes garante a expressão de seu potencial produtivo. Altamente complexo, podendo até ser considerado como um organismo vivo, o solo, fornecedor de nutrientes às plantas, é fator de produção tecnicamente de fácil modificação e ajuste. Conhecer os limites desses ajustes, as suas relações com a produção e com a qualidade do produto e do ambiente é fundamental ao exercício da arte da agricultura, ou da agricultura como arte.”