Anúncios

Categoria: Cafeicultura

Rendimento Em Xícaras Por Saca De Café Beneficiado

O cafeicultor e pecuarista Osmar Gomes de Aguiar, de Alto Caparaó -MG, com propriedade nas divisas do Parque Nacional do Caparaó, na cabeceira do Rio José Pedro, várias vezes, em vários anos seguidos, me perguntou sobre o rendimento de xícaras do cafezinho por cada saca de café beneficiado.

Anúncios

Café e Saúde

Os orientais bebem o café em todo o tempo, e mesmo na mesa em lugar do vinho, muito aproveita a quem usa desta bebida e pode ser tomada sem inconveniente, quatro vezes por semana, pois nunca se ouviu dizer que a ninguém fizesse mal. E a pouco adiante acrescenta: elimina as obstruções e opilações e a experiência nos ensina que o café expele os catarros e outras enfermidades oriundas do fígado e obra tais efeitos sem ofender o estômago.

Malavolta em Manhuaçu – Adubação de Café

Nos dias 29 e 30 de maio corrente o Núcleo Regional da SMEA (Sociedade Mineira de Engenheiros Agrônomos) e EMATER, em conjunto e com o patrocínio da FERTILIZANTES HERINGER, promoveram um importante e educativo encontro dos técnicos e cafeicultores da região produtora dos Cafés das Montanhas de Minas e Espírito Santo. Tivemos a visita e palestra do eminente Engenheiro Agrônomo, Professor Eurípedes Malvolta (1926), atualmente aposentado da ESALQ –USP (Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo), em Piracicaba-SP. Notável e conceituado especialista em Nutrição e Adubação do solo e das plantas, com várias obras importantes editadas e reeditadas sobre o assunto de sua especialidade. Continua exercendo suas atividades de pesquisas, sendo consultor técnico de varias empresas agropecuárias, em vários Estados do Brasil, onde sempre é requisitado para palestras e orientações técnicas. Nos dois dias do encontro, houve um comparecimento de aproximadamente 300 participantes.

Diversificação na Cafeicultura

Qual a solução para a problemática da crise internacional do café, com uma produção mundial media em torno de 110 milhões de sacas, para um consumo também médio em torno de 105 milhões, nestes últimos anos? Portanto, um excedente anual de cerca de 5 milhões e um excedente acumulado superior a 15 milhões de sacas. A cultura é perene e o produto não é perecível; conserva por cinco até 10 anos, facilmente, sendo estocados em armazéns apropriados. Assim, as grandes indústrias internacionais de torrefação e distribuição dos maiores países consumidores se abastecem, estocando o café adquirido no período de preços baixos, podendo manter as cotações em valores deprimidos e aviltantes por anos seguidos, com grandes prejuízos para os países produtores. A solução natural será o abandono parcial das lavouras e das infraestruturas de alto custo representados por terreiros, tulhas, despolpadores, secadores, veículos e maquinários em geral, agora sujeitos à depreciação e a danos consideráveis.

Classificação do Café – Tipo, Bebida e Peneira

classificacao-do-cafe-tipo-bebida-e-peneira

O CAFÉ é classificado pelo: TIPO, BEBIDA e PENEIRA. Cada divisão possui características próprias, diferentes, independentes. Um café de ótimo tipo pode ser de péssima bebida. Outro de tipo inferior pode ter bebida de ótima qualidade. Exemplo: quando se prepara um excelente despolpado com bebida mole, mas que teve secagem excessiva, além do ponto, no beneficiamento, produz muitos grãos quebrados formando uma verdadeira canjica. A bebida permanece boa, mas os grãos triturados representam um tipo de baixa qualidade.

Celulose e Café Solúvel – Respostas das Autoridades

Abaixo transcrevemos algumas das diversas respostas que recebemos, referente aos ofícios enviado pelo nosso Núcleo Regional da SMEA- Manhumirim e outras entidades para órgãos do Governo e Empresas diversas, sugerindo estudar; a) Muriaé –MG para a instalação de uma Indústria de Celulose e b) Manhuaçu -MG para uma indústria de Café Solúvel ou Leite em pó, aproveitando as instalações da antiga SPAM

Café é Vício ou Alimento?

cafe-vicio-ou-alimento

Todos tomam o cafezinho, mas poucos conhecem as qualidades alimentícias do café. Ele contém cafeína, alcaloides, hidrato de carbono, proteínas, gorduras, sais orgânicos, água e aromáticos. Pequena tem sido a divulgação sobre o valor do café como alimento. Muitos afirmam que o valor nutritivo do café reside apenas no açúcar com que adoçamos. Pouco se tem escrito sobre o assunto.

Café: Safra Superestimada

O Coffee Business de 17/11/97 trouxe um artigo sobre café de Armando Matielli com o título: “Safra Superestimada “o qual a seguir vamos transcrever na íntegra, dado a sua importância para nossa cafeicultura, base de nossa economia regional”. O autor analisa, compara e comprova estatisticamente a impossibilidade de atingir produção na safra 98/99 acima de 30 milhões de sacas, como se tem divulgado.